sábado, 15 de janeiro de 2011

Caos, destruição e morte no Rio

Infelizmente, a população do Rio de Janeiro, mas precisamente da região serrana, Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo.
O enorme volume de chuva que caiu em alguns dias, o equivalente a um mês de chuva, foi o suficiente para ocasionar deslizamento de morros e encostas formando uma avalanche de água, lama e entulhos que desceu destruindo tudo o que havia pela frente.

As perdas foram catastróficas. Famílias perderam seus entes queridos em questão de segundos, além de suas casas e a dignidade. É difícil mensurar em palavras a dor e o sofrimento pelo qual os sobreviventes estão passando.


As cenas são de devastação total, comparadas à de um Tsunami. Bairros inteiros estão debaixo de lama e entulhos. A vida de milhares de pessoas foram abruptamente assoladas por esta hecatombe. O saldo negativo é aterrador, mais de 500 pessoas mortas, fora milhares desalojados, desabrigados, desaparecidos e feridos.

Resta agora lamentarmos e chorarmos pela dor e sofrimento que essas pessoas estão enfrentando, também devemos enviar donativos e dinheiro, e o governo, em todas as esferas, como sempre, ao invés de prevenir em alguns casos só faz remediar, deverá restaurar a dignidade dos que perderam suas casas cedendo-lhes novas moradias tirando todos os sobreviventes de abrigos e alojamentos públicos.


É hora de toda a nação brasileira se unir e mostrar compaixão e amor para com o próximo e tentar minimizar as enormes perdas que a população sofreu. Diga-se de passagem, perdas incalculáveis, que são vidas humanas e tudo o que construíram ao longo de todas as suas vidas.

Vamos fazer nossa parte.

Texto de Paulo Cheng

JESUS CHRIST IS THE ROCK




8 comentários:

  1. Muito triste e previsível. Todo ano é a mesma coisa. Descaso da autoridades, má educação do povo.

    ResponderExcluir
  2. Realmente é uma situação triste, mas também serve para que o governo se atente para as situações de perigo e locais de risco, podendo assim prever mais destes tipos de desastres!

    ResponderExcluir
  3. Vixe a parada ta sinistra....
    Mas um pouco da culpa está no povo...

    ResponderExcluir
  4. Vejo e revejo essas cenas e ainda choro. Uma calamidade na vida dessas pessoas, que poderia ser qualquer um de nós. Ninguem tá livre de algo assim.

    Parabéns pelo blog.

    bjinho

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente o Brasil não está preparado para suportar uma enchente dessas. Nem sequer para emitir um simples alerta para a população antes das chuvas. Com isso somos obrigados todo o ano a ver essas mesmas cenas.

    http://duo-postal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. É Paulo realmente a coisa tá feia... Vamos orar e pedir que Deus console esse povo!!

    ResponderExcluir
  7. Uma grande tragédia mesmo... Tipo de coisa que, quando não evitada como deve ser, gera estragos grandes. Uma tristeza muito grande.

    ResponderExcluir

Olá queridos, você está em meu site, o paulocheng.com, um espaço onde eu escrevo e posto minhas impressões, meus devaneios, minhas inspirações e sandices, desde já agradeço pelo acesso, lembrando que você não é obrigado a comentar, pois não há uma obrigatoriedade ou imposição, caso você não ache interessante ou esteja com preguiça, não tem problema, o que quero aqui é o prazer acima de qualquer coisa, e não obrigatoriedade, ok? Que Deus possa te abençoar em Cristo Jesus.